Alt+Shift+c Ir para o conteúdoAlt+Shift+m Ir para o menuAlt+Shift+b Ir para a buscaAlt+Shift+f Ir para o roda-pé

Jaboatão Notícias

rss
27/07/10 | Por: Ana Paula Carlini, em PrefeituraTamanho do texto: A-A+
Elias visita a Codistil do NE

Empresa planeja expandir seus negócios no município e em Suape

O prefeito Elias Gomes visitou, nesta terça-feira (27), as instalações da Codistil do Nordeste Ltda, do Grupo Dedine, localizada no Curado. Atualmente, a Codestil é considerada uma das maiores empresas de venda de bens de capital do País, produzindo para diversos segmentos do mercado, como o de siderurgia, de biodisel, de hidroelétrica, de petroquímica, de açúcar e etanol, de celulose e papel, entre outros.

Em Jaboatão emprega 540 funcionários e fatura anualmente em torno de R$ 100 milhões. O prefeito esteve na fábrica acompanhado do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jackson Rocha. Na visitação, foi recebido pelo gerente da Codistil, Luiz Augusto da Fonseca e pelo coordenador de Garantia e Qualidade, Adilson Ribeiro.

Foi apresentado ao prefeito um vídeo institucional do Grupo Dedine, situado em Piracicaba, São Paulo e em seguida, ele foi convidado a dar uma volta no parque industrial da empresa. Elias mostrou-se solidário ao projeto de expansão da Codistil, que irá gerar mais 300 empregos diretos e, demonstrou o interesse em firmar uma parceria com a companhia, tendo como apoio o SENAI. A intenção desta parceria seria montar diversas oficinas no município, voltadas a formação de novos soldadores.

“Jaboatão não pode parar de crescer. Temos, entre os compromissos assumidos com a população, o de investir na capacitação de mão-de-obra local”, comentou o prefeito. Na pauta de discussão, entrou ainda o programa de coleta seletiva do governo municipal, do qual a empresa faz parte. A Codistil tem projeto de se instalar, também, em Suape. Serão 100 mil metros de área construída, com a intenção de gerar cerca de mil empregos. Esta unidade será voltada, principalmente, para a exportação.“Instalados, em Suape, poderemos atender melhor a demanda”, disse Luiz da Fonseca.

Atualmente, a sede do Curado produz para todo o Brasil e também para outros países. Constam entre os principais clientes nacionais a Plataforma P-55, da Petrobrás, voltada a exploração do pré-sal, a Refinaria de Capuava, em São Paulo. Além da Refinaria Abreu e Lima, Petroquímica Suape e o Estaleiro Atlântico Sul, em Pernambuco. A MG Polímeros S.A., no México e a PDVSA, na Venezuela estão no topo da lista dos clientes internacionais atendidos por ela.

Enviar notícia por e-mail

Preencha os campos abaixo para enviar sua mensagem:

Últimas notícias