Alt+Shift+c Ir para o conteúdoAlt+Shift+m Ir para o menuAlt+Shift+b Ir para a buscaAlt+Shift+f Ir para o roda-pé

Jaboatão Notícias

rss
06/09/13 | Por: Márcio Santana, em Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade HumanaTamanho do texto: A-A+
Órgãos de fiscalização realizam vistoria na obra de engorda das praias

Equipes da Prefeitura, Capitania dos Portos, Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e Ministério Público Federal (MPF) estiveram na manhã desta sexta-feira (06) no canteiro de obras da orla, em Candeias

Com os serviços de recuperação da faixa de areia das praias de Jaboatão dos Guararapes perto da conclusão, já que o estágio atual da atividade se aproxima dos 80%, as equipes da Prefeitura, Capitania dos Portos, Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e Ministério Público Federal (MPF) estiveram na manhã desta sexta-feira (06) no canteiro de obras da orla, em Candeias, para a realização de uma vistoria técnica.

De acordo com o secretário executivo de Pavimentação e Drenagem do município, Roberto Rocha, a ação, que possibilitou aos órgãos envolvidos um maior conhecimento sobre as atividades realizadas, serve para monitorar o andamento das obras, devido a grande complexidade em termos de engenharia.
   
“Essa visita é mais uma etapa de prestação de contas aos órgãos envolvidos,quando mostramos como está indo o andamento dos serviços. Atualmente, estamos com 80% da obra finalizada, com previsão para conclusão no final do mês. Por ser uma ação de referência no País, já que em termos de extensão é a maior obra de engordamento já realizada no Brasil, a Prefeitura dará continuidade às ações de monitoramento”, afirmou.

“Posso dizer que essa obra é um sucesso. Dá para ver que os resultados que foram planejados estão sendo positivos e que pode se estender também para outras áreas do litoral pernambucano que ainda precisam ser recuperadas. Jaboatão passa a ser uma referência nacional, já que foi a primeira cidade a realizar esta obra utilizando um tipo de tecnologia de ponta. Mesmo antes das obras terminarem as pessoas já estão usufruindo da praia”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS) de Pernambuco, Sérgio Xavier, que também preside a CPRH.

Para o Procurador da República, Marcos Costa, representante do MPF, a realização dos serviços de recuperação da faixa litorânea em Jaboatão é fruto de muitos estudos entre instituições de diversas representatividades.  “O Ministério Público Federal já vem acompanhando a temática da contenção da erosão costeira em Pernambuco há mais de 15 anos. De certa forma, os ajustes que levaram à execução desta obra decorrem da atuação do MPF e de outras instituições. Para isso, foi construído um ambiente de cooperação envolvendo os órgãos das esferas estaduais, federais e municipais, levando a entendimentos e ajustes sobre como tentar resolver o problema da erosão costeira. A execução dessa ação aqui no município de Jaboatão é a prova de que estamos no caminho certo”, avaliou.  
 
Também participaram da vistoria os secretários municipais Evandro Avelar (Infraestrutura e Mobilidade Humano) e Edvaldo Rufino (Meio Ambiente).

ENGORDA DAS PRAIAS – No total, será movimentado 1 milhão de metros cúbicos de areia, o que equivale a 100 mil caminhões do tipo caçamba cheios de areia, para aumentar 5,8 quilômetros da faixa litorânea, que compreendem as praias de Barra de Jangada, Candeias e Piedade, em 35 a 40 metros de  largura.  Um investimento de cerca de R$ 41 milhões, com recursos do Ministério da Integração Nacional e do Município. Esta será a maior obra de engorda do Brasil em extensão, maior que Copacabana e Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro; Iracema, em Fortaleza; e Piçarra, no Espírito Santo.

A draga, que faz o transporte do material da jazida em alto mar até a orla do município tem capacidade para 6 mil m³ de areia e está trabalhando 24 horas por dia, fazendo quatro viagens, movimentando cerca de 20 mil metros cúbicos por dia. Para transportar a areia da draga até o litoral, está sendo utilizado um tubo móvel de ferro, com 1,5 km de comprimento.

Enviar notícia por e-mail

Preencha os campos abaixo para enviar sua mensagem: